NOTÍCIAS


Vinte anos depois, Cansei de Ser Sexy conquista geração Z: 'Tem o nosso senso de humor'



Vocalista diz ter se surpreendido com quantidade de jovens na plateia do Primavera Sound. Banda fala ao g1 sobre novo público e desejo de voltar aos palcos; veja VÍDEO. Cansei de Ser Sexy fala sobre desejo de voltar aos palcos Na primeira década dos anos 2000, quase todo adolescente fã de música alternativa queria parecer um integrante do Cansei de Ser Sexy. Com a ajuda do arcaico Fotolog, a banda surgida em 2003 virou referência de estilo e comportamento da época. Vinte anos se passaram, o Fotolog foi extinto e… quase todo adolescente fã de música alternativa quer parecer um integrante do Cansei de Sexy. Na esteira do “revival” dos anos 2000, o grupo conquistou a geração Z, dos nascidos a partir de 1995, e a vocalista Luísa Lovefoxxx virou estrela no TikTok. Na rede, ela publicou um vídeo dizendo que se surpreendeu com a quantidade de jovens na plateia de um show de reencontro CSS, que aconteceu no último sábado (2), no festival Primavera Sound, em São Paulo. Cansei de Ser Sexy se apresenta no Primavera Sound 2023 Fábio Tito/g1 “Esses fãs são esquisitões, o Brasil que eu quero. São finos quando vêm falar com a gente na rua, são pessoas delicadas”, disse Lovefoxxx em entrevista ao g1, depois da apresentação no Autódromo de Interlagos. “Eu acho que essa é uma geração que tem nosso senso de humor”, analisou a guitarrista Ana Rezende. A guitarrista e tecladista Luiza Sá acrescentou: “Eles compreendem muito a gente. Não tem que explicar nada. Quando a gente começou, tinha que explicar muita coisa.” No auge, o CSS ganhou repercussão internacional e se tornou o maior caso de sucesso do rock brasileiro depois da virada do milênio. A música “Music Is My Hot Hot Sex”, do álbum de estreia homônimo de 2005, chegou a entrar na principal parada musical dos Estados Unidos. Após a saída do produtor Adriano Cintra em 2011, o grupo passou a ser formado por Lovefoxxx, Ana, Luíza e Carolina Parra. A participação no Primavera foi a primeira grande apresentação das quatro juntas desde 2019. City Grrrl As integrantes do Cansei de Ser Sexy em festa com os amigos, no auge da banda, no início dos anos 2000 Reprodução/Instagram “Vocês não sabem o que a gente passou para estar aqui”, disse a vocalista, no início do show. No palco, ela também refletiu sobre uma crise recente na vida pessoal: “Às vezes, a gente está num buraco pessoal, emocional, de saúde, financeiro. Às vezes, a gente é adulto e tem que voltar para a casa dos pais”. “Eu saí de um buraco desses recentemente. É muito bom recomeçar. Obrigada por serem pessoas delicadas, esquisitas”, concluiu, antes de cantar “City Grrrl”, música que Lovefoxxx diz ser uma homenagem à própria adolescência. Na entrevista depois do show, ela comentou o momento: “A gente nunca sabe o que as pessoas passaram para chegar aonde elas estão e eu acho que temos que ter empatia e celebrar quando conseguimos chegar a algum lugar, depois de passar por um momento difícil.” Cantora do Cansei de Ser Sexy discursa para a plateia do Primavera Sound E, para os fãs órfãos do CSS (não foi à toa que a vocalista usou uma camiseta com a palavra “mãe” no palco do Primavera), as integrantes dizem que sentem vontade de fazer shows com mais frequência. “Nós gostamos de ficar juntas. E, sempre que a gente tem uma desculpa para ficar juntas, é muito bom”, contou Ana. “Ensaiamos por vários dias e estávamos muito animadas para se encontrar às 8h da manhã e ficar até 11h da noite. É muito louco querer fazer isso com 40 anos porque, nessa idade, você não quer ver as pessoas.”

Fonte: G1


06/12/2023 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil