NOTÍCIAS


Roda gigante faz projeção homenageando Taylor Swift em SP



Taylor se apresenta no Estádio Allianz Parque nos dias 24, 25 e 26 de novembro. Todos os dias estão com ingressos esgotados. Roda Rico faz projeção homenageando Taylor Swift em SP A maior roda gigante da América Latina, a Roda Rico, à beira do Rio Pinheiros fez uma projeção homenageando a cantora Taylor Swift que tem três shows marcados em São Paulo. Segundo a organização, a ideia é fazer uma projeção com todas as eras da cantora até domingo (26), dia do último show dela no Brasil. No primeiro dia de projeção, também houve uma oficina de braceletes da amizade, item presente em todos os shows da cantora. A inspiração para a pulseira vem da letra da música “You’re on Your Own, Kid”, do álbum “Midnights”, de Swift, lançado em 2022. A projeção leva o nome dos discos: Taylor Swift (2006); Fearless (2008); Speak Now (2010); Red (2012); 1989 (2014); Reputation (2017); Lover (2019); Folklore (2020); Evermore (2020) e Midnights (2022). Lei Ana Benevides: projeto de lei quer que empresas sejam obrigadas a distribuir água potável gratuita em shows Desde 2019, Taylor passou a regravar suas próprias músicas após ter o direito sobre seus primeiros seis álbuns vendidos ao empresário Scooter Braun. No fim de 2020, ela ganhou o direito de regravar as composições registradas nos cinco primeiros álbuns. Com as novas gravações, ela recupera o controle de sua obra sendo autora e dona do novo registro em áudio. Quatro discos já foram relançados e os fãs especulam que o anúncio da regravação do Reputation seja feito no Brasil. Taylor Swift lança ‘1989 (Taylor’s Version)’: entenda por que cantora regrava os próprios discos Taylor se apresenta no Estádio Allianz Parque, com a ‘The Eras Tour’, que revisita todos os discos da sua carreira, nos dias 24, 25 e 26 de novembro. Os ingressos estão esgotados. Taylor Swift: ‘The Eras Tour’ pode ser a turnê mais lucrativa da história Taylor Swift e bailarinos em espetáculo no Engenhão, no Rio Stephanie Rodrigues/g1 Projeção no Cristo Cristo Redentor é iluminado com homenagem a Taylor Swift A cantora norte americana também foi homenageada no Cristo Redentor, no Rio. Taylor chegou na tarde de quinta-feira (16) na cidade e algumas horas depois recebeu a homenagem no maior monumento do Rio de Janeiro. A ideia da homenagem nasceu como uma brincadeira numa rede social, mas os fãs de empolgaram e começaram a uma verdadeira caçada virtual por Padre Omar, reitor do santuário. O padre desafiou os swifties a participarem de uma gincana para conquistarem a homenagem no monumento. O desafio feito pelo santuário foi a arrecadação de 20 mil unidades de panetones e água mineral até 21h da data da projeção. O objetivo é ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade e exclusão social. Iluminação do Cristo Redentor faz homenagem a Taylor Swift Rogério Coutinho / TV Globo A projeção é uma referência ao clipe de “You Belong With Me”. Cristo aparece com a mesma camiseta usada pela cantora no clipe do hit, mas com nomes de estados do Brasil. Morte de fã em show no Rio Família de Ana Clara Benevides, que morreu na primeira apresentação de Taylor Swift, tenta entender o que aconteceu no show A turnê da norte americana foi marcada por polêmicas no Rio. No primeiro show, uma fã morreu durante a apresentação. A universitária Ana Clara Benevides Machado, de 23 anos passou mal dentro do Estádio Nilton Santos, o Engenhão. A causa da morte ainda não foi esclarecida: a Secretaria Municipal de Saúde diz que ela teve uma parada cardiorrespiratória e que o Instituto Médico-Legal (IML) vai atestar o que levou ao óbito da jovem. Fãs que estavam no show relataram um forte calor. Durante o dia, a temperatura bateu 39,1ºC no Rio. Ainda segundo eles, a empresa Tickets For Fun (T4F), responsável pelo evento, proibiu a entrada de garrafas de água no estádio. Em entrevista exclusiva ao Fantástico, os pais dela falaram sobre a perda da filha e, afirmaram que T4F só ofereceu assistência psicológica. Corpo de Ana Clara Benevides, jovem que morreu durante show de Taylor Swift, é velado no Mato Grosso do Sul Os fãs da cantora chegaram a organizar uma vaquinha para realizar o translado do corpo do Rio de Janeiro até o Mato Grosso do Sul. Taylor Swift publicou uma nota lamentando a morte, mas não comentou o caso nas apresentações seguintes, gerando críticas dos próprios fãs que se mobilizaram para fazer um momento de silêncio no show de segunda-feira (20), mas a ideia foi cancelada. Taylor Swift volta a empolgar público no Engenhão, sem citar fãs mortos no Rio Segundo postagens em canais de fãs, a desistência foi a pedido da família da estudante.

Fonte: G1


22/11/2023 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil