NOTÍCIAS


Quarteto Maogani muda a formação e celebra 30 anos com a edição em maio do primeiro álbum inteiramente autoral



Formado em 1994, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o quarteto de violões Maogani lança na segunda quinzena de maio o álbum ‘Autoral’ Rafaela Bisacchi / Divulgação ♪ Criado pelos violonistas Carlos Chaves, Marcos Alves, Paulo Aragão e Sergio Valdeos em fins de 1994, o quarteto Maogani entrou em cena em 1995 e logo se tornou referência no universo das cordas, gravando e se apresentando com nomes como Guinga e Mônica Salmaso. Para celebrar as três décadas de atividade, o quarteto programa para a segunda quinzena de maio o lançamento do primeiro álbum inteiramente autoral do Maogani. Intitulado justamente Autoral e precedido pelo single que apresentou o tema Nashca (Sergio Valdeos), o álbum marca a nova formação do grupo carioca. Dois novos violonistas, Diogo Sili e Lucas Gralato, se juntam aos fundadores Carlos Chaves e Paulo Aragão. Com capa que expõe fotografia de Rafaela Bisacchi enquadrada na arte de Lola Vaz, o álbum Autoral apresenta no repertório 11 temas instrumentais compostos pelos integrantes e/ou por antigos violonistas do quarteto. A rigor, aliás, o disco traz 13 temas, já que a suíte Três quadros poéticos foi composta com três movimentos – I. Cabaré mineiro (habanera), II. Vulgívaga (valsa) e III. Quadrilha (maxixe) – por Paulo Aragão. O repertório do álbum Autoral é formado por músicas como Aconchegado (Carlos Chaves e Diogo Sili), Alumiando o céu (Marcos Alves), Copas fora (Lucas Gralato), De Chaves a Xavier (Carlos Chaves), Mirante (Diogo Sili) e Scarlattilonga (Mauricio Marques). Capa do álbum ‘Autoral’, do Quarteto Maogani Rafaela Bisacchi com arte de Lola Vaz

Fonte: G1


18/04/2024 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil