NOTÍCIAS


O filme de terror com Mickey Mouse anunciado após Disney perder copyright



Empresa perdeu os direitos autorais sobre a primeira versão de seu personagem mais famoso. O filme de terror com Mickey Mouse anunciado após Disney perder copyright MICKEY’S MOUSE TRAP via BBC É o Mickey, mas não aquele que você se acostumou a ver. Um trailer de um filme de terror, que mostra um assassino mascarado vestido como Mickey Mouse, foi lançado em 1º de janeiro, dia em que os direitos autorais da Disney sobre as primeiras versões do personagem de desenho animado expiraram nos Estados Unidos. “Queríamos apenas nos divertir com isso”, disse o diretor do filme. Um novo jogo de terror inspirado no Mickey, mostrando o personagem coberto de manchas de sangue, também foi lançado no mesmo dia. O Barco a Vapor (ou, no original em inglês, Steamboat Willie, um curta-metragem de 1928 com as primeiras versões de Mickey e Minnie, entrou em domínio público nos EUA no dia do Ano Novo. Isso significa que cartunistas, romancistas e cineastas podem agora retrabalhar e usar as primeiras versões de Mickey e Minnie. Agora qualquer pessoa pode usar essas versões sem permissão ou custo. Alguns foram rápidos em aproveitar as novas regras – com um trailer (que contém cenas violentas) de um filme de terror do Mickey lançado no mesmo dia. No thriller de comédia de terror, chamado Mickey’s Mouse Trap, uma jovem recebe uma festa surpresa de aniversário em um fliperama – mas as coisas rapidamente pioram quando ela e seus amigos encontram um assassino empunhando uma faca fantasiado de Mickey. “Um lugar para diversão, um lugar para amigos, um lugar para caçar. O rato saiu”, mostra o trailer em texto vermelho. “Quero dizer, é o Mickey Mouse de Steamboat Willie assassinando pessoas. É ridículo”, disse o diretor de cinema Jamie Bailey. “Nós corremos com isso e nos divertimos fazendo isso, e acho que isso fica evidente.” O filme em si não tem data de lançamento confirmada, mas está previsto para ser lançado em março. Também foi lançado um novo videogame apresentando a versão de 1928 do Mickey. O estúdio de jogos Nightmare Forge Games disse que o jogo, intitulado Infestation 88, é um jogo de terror de sobrevivência em que um surto de vermes se transforma em algo mais sinistro. No início do trailer, ouve-se um homem dizendo nervoso: “Achei que fossem só roedores, mas tem mais alguma coisa aqui”. Um enorme Mickey respingado de sangue aparece na tela, enquanto ratos correm ao seu redor. A descrição do jogo diz que os jogadores – que assumem o papel de exterminadores – têm a tarefa de tratar “infestações misteriosas causadas por versões distorcidas de personagens clássicos e lendas urbanas”. O Mickey, no entanto, não é o primeiro personagem infantil a receber tratamento de filme de terror. “Ursinho Pooh: Sangue e Mel” Reprodução/Trailler Quando o Ursinho Pooh entrou em domínio público, o adorável urso foi transformado no filme de terror censurado Ursinho Pooh: Sangue e Mel (Blood and Honey, em inglês), que foi um dos filmes com pior audiência do ano passado. A lei de direitos autorais dos EUA diz que os direitos dos personagens podem ser mantidos por 95 anos. A Disney enfrentou a perda dos direitos autorais de seus desenhos originais várias vezes no passado. Esperava-se que os personagens entrassem em domínio público pela primeira vez em 1984, mas o Congresso estendeu o prazo em 20 anos. Antes da data de expiração seguinte, em 2004, foi aprovada outra prorrogação de 20 anos. Os esforços da Disney para proteger seus personagens levaram até mesmo a que a lei fosse apelidada de “Lei de Proteção do Mickey Mouse”. Mas o momento finalmente chegou e foi saudado como “profundamente simbólico” por especialistas. A empresa ainda detém separadamente a marca registrada do Mickey como identificador de marca e mascote corporativo. Isso significa que ainda há limites sobre como o público pode usar essas imagens. E a Disney insistiu que versões mais modernas do Mickey ainda são protegidas por direitos autorais. “É claro que continuaremos a proteger nossos direitos nas versões mais modernas do Mickey Mouse e em outras obras que permanecem sujeitas a direitos autorais”, afirmou a empresa.

Fonte: G1


03/01/2024 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil