NOTÍCIAS


Documentário 'Lula', de Oliver Stone, estreia em Cannes



Na exibição do filme, diretor afirmou que ‘muitas pessoas da elite detestam o Lula’ e espera que as pessoas da plateia ‘não o detestem’. Diretor americano Oliver Stone posa para fotógrafos na estreia do documentário ‘Lula’, no Festival de Cannes Christophe Simon/AFP “Lula”, documentário dirigido pelo americano Oliver Stone, estreou em Cannes neste domingo (19). Apresentado fora da competição, o filme retrata rapidamente a infância e a juventude de Luiz Inácio Lula da Silva para se aprofundar em seu papel sindical e político. A sessão em uma das salas do Palácio dos Festivais estava lotada e a equipe do filme foi muito aplaudida. Antes da exibição, Stone falou que o documentário é “sobre uma pessoa especial no mundo de hoje, um líder único”. Ele ainda mencionou alguns fatos marcantes da vida o presidente brasileiro e acrescentou “admiro profundamente este homem.” Stone afirmou ainda que sabe “que muitas pessoas da elite detestam o Lula” e pediu que as pessoas da plateia “não o detestem”. “Lula” foi exibido na mostra “Sessões Especiais” da seleção oficial do Festival. O filme retrata a vida do presidente brasileiro, focando na sua prisão, entre 2018 e 2019, sua eleição em 2022 e a volta ao poder. O documentário traz entrevistas inéditas com o presidente e seus conselheiros. A principal entrevista com Lula foi feita por Stone durante a campanha eleitoral de 2022. O diretor também conversou com Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept, para apresentar os meandros da Operação “Lava Jato” que levou Lula à prisão. O longa também mostra como a “Vaza Jato”, divulgada por Greenwald, foi importante para a libertação do presidente. Além das entrevistas, o documentário é construído com imagens de arquivo. Para o público brasileiro, “Lula” não traz muitas novidades. Mas, a mensagem do filme visa um público internacional. Stone tem dado atenção especial à América Latina. Entre seus filmes está “Salvador: O Martírio de um Povo”, com James Woods. Ele também produziu documentários sobre Fidel Castro e Hugo Chávez. Em “Lula”, Stone co-assinou o documentário com seu colaborador Rob Wilson, com quem criou obras como “JFK”, sobre o assassinato do presidente John Fitzgerald Kennedy.

Fonte: G1


20/05/2024 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil