NOTÍCIAS


Billie Eilish, Jon Batiste, Becky G... As músicas indicadas ao Oscar, da pior à melhor



Categoria é uma das mais comentadas da premiação neste ano, com astros do pop indicados; g1 analisa concorrentes. G1 ouviu as músicas que concorrem ao Oscar 2024 Com a presença de astros do pop, o prêmio de Melhor Canção Original é um das mais comentados do Oscar 2024. Duas faixas da trilha sonora de “Barbie” estão indicadas: um hit de Billie Eilish e a famosa “música do Ken”. A categoria também tem a indicação histórica de uma canção tradicional indígena, criada para o filme “Assassinos da Lua da Flores”. No VÍDEO acima, o g1 analisa todas as músicas indicadas ao Oscar 2024; saiba mais abaixo ‘The Fire Inside’ (‘Flamin’ Hot’): Nota 2/10 A cantora Becky G no tapete vermelho do MTV EMA 2019 Cristina Quicler/AFP Diane Warren é compositora da música cantada pela estrela americana Becky G para o filme sobre o inventor de um sabor super picante do salgadinho Cheetos. Ela já foi indicada 15 vezes ao Oscar por músicas de filmes como “Armageddon” (1998), “Pearl Harbor” (2001) e “Superação – O Milagre da Fé” (2019). Warren nunca ganhou… e não deve ser dessa vez. Sua nova concorrente é uma canção esquecível. ‘I’m Just Ken’ (‘Barbie’): Nota 5/10 Ryan Gosling canta “I’m Just Ken” em “Barbie” Divulgação A “música do Ken” foi feita pelos renomados músicos Andrew Wyatt e Mark Ronson — o primeiro trabalhou com nomes como Liam Gallagher, Lady Gaga e Lorde, o segundo produziu de Amy Winehouse a Bruno Mars e é considerado um dos maiores nomes do pop. O resultado ficou divertido e rendeu uma das melhores cenas de “Barbie”. Mas, fora do filme, a música é só uma piada. ‘It Never Went Away’ (‘American Symphony’): Nota 8/10 Jon Batiste e Suleika Jaouad em “American Symphony” Divulgação A balada de piano simples e emotiva é a trilha do amor entre o músico Jon Batiste e sua mulher, a escritora Suleika Jaouad. A história é narrada no documentário “American Symphony”, que mostra a relação dos dois durante o tratamento de Suleika contra a leucemia. É difícil conhecer a história, ouvir a música e não se emocionar. ‘Wahzhazhe (A Song for My People)’ (‘Assassinos da Lua da Flores’): Nota 8/10 Janae Collins, Lily Gladstone, Cara Jade Myers e Jillian Dion em cena de ‘Assassinos da lua das flores’ Divulgação A música de “Assassinos da Lua das Flores” não ficou popular, mas é a indicação histórica de uma música tradicional indígena ao Oscar. Feita por músicos de povos nativos do meio-oeste americano, ela é fundamental pra compor a energia do final do filme. ‘What Was I Made For?’ (‘Barbie’): Nota 9/10 Billie Eilish no clipe de “What Was I Made For?” Divulgação A música criada por Billie Eilish e seu irmão, Finneas, funciona muito bem no final de “Barbie”, mas também em qualquer storie reflexivo do Instagram. É a trilha perfeita para curtir uma crise existencial. E é a favorita. Pode render o segundo Oscar para Billie, depois do prêmio para a música “No Time to Die”, trilha sonora de “James Bond”… e tudo isso aos 22 anos.

Fonte: G1


26/01/2024 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil