NOTÍCIAS


Ayrton Montarroyos segue elevado, indomado e rigoroso no percurso dissonante do álbum ‘A lira do povo’ | Blog do Mauro Ferreira


Ao contrário: por exigir atenção e concentração para que a lírica seja seguida e compreendida, A lira do povo é disco que soará difícil ou mesmo indigesto para ouvidos já habituados ao tatibitate musical cotidiano – sobretudo quando, no trilho final, o álbum marcha cada vez mais na contramão para expor solidões e descidas aos porões existenciais na sequência que junta Febre do rato (Kiko Dinucci, 2020) e o descontruído samba-canção Conceição (Jair Amorim e Valdemar de Abreu, o Dunga, 1956), antes de expor a morte em caras paradas na solidão de As ilhas (Astor Piazzolla e Geraldo Carneiro, 1975).



Fonte: G1


04/06/2024 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil