NOTÍCIAS


Arcade Fire toca 'Águas de Março' em show encantador do Lolla, apesar do vocal ofegante de Win Butler



O público saiu de alma lavada e mostrou que crise na banda não afeta performance do grupo. Arcade Fire toca ‘Rebellion (Lies)’ no Lollapalooza 2024 Se as acusações de crimes sexuais contra o líder do Arcade Fire, Win Butler, pesaram na imagem da banda nos últimos dois anos — e levaram o grupo a uma crise —, os fãs do Lollapalooza desta sexta-feira (22) não estavam a fim de pensar nisso. Os músicos também não se mostraram afetados. A performance estava tão enérgica quanto a das outras vezes em que eles tocaram no país e pela qual são conhecidos. Foi no estilo de pista de dança enlameada que os fãs começaram a curtir o show. Os artistas entraram no palco Samsung Galaxy, ao som de um remix de “Rabbit Hole” e um opulento globo de festa girando sobre eles. O vocalista Win chegou erguendo uma bandeira do Brasil. Nenhum climão. O público ovacionou o músico, que logo no começo desceu do palco para cumprimentar os fãs da grade e oferecer sua guitarra para um fã. Arcade Fire se apresenta no Lollapalooza 2024 Luiz Franco/g1 Aliás, por falar em Win, ele se mostrou animado do início ao fim. Corria de um lado para o outro —as vezes, parando um pouquinho para cantar sentado, ou até deitado. Sua voz, no entanto, não estava na mesma página. O vocal soou afobado, como se ele tivesse saído de uma maratona. Régine Chassagne, a outra vocalista, entregou um o gogó mais alinhado. Multinstrumentista, ela foi da guitarra à sanfona. E num dos momentos mais bonitos do show, cantou em português. Arcade Fire se apresenta no Lollapalooza 2024 Luiz Franco/g1 Foi quando a banda fez uma versão de “Águas de Março”, clássico da nossa nova composto por Tom Jobim. Nesse momento, os músicos mostraram que a percussionista paulistana Silvanny Sivuca estava no palco, tocando ao lado da banda, e celebraram sua presença. Como já é praxe do Arcade Fire, esse foi um show embalado por um clima psicodélico, com cores neon saltando dos looks dos músicos aos telões de imagem distorcida e ilusões de ótica. Em “Unconditional I (Lookout Kid)”, coloridos bonecões gigantes tomaram o palco —e fizeram muitos celulares serem erguidos para registrar o momento. Win Butler, vocalista do Arcade Fire, no meio do público durante show da banda no Lollapalooza 2024 Luiz Franco/g1 A banda tocou uma setlist que passeia por diferentes eras do Arcade. Faixas como “Rebellion (Lies)”, “Reflextor”, “The Suburbs”, “The Lighting” e “Everything Now” estiveram presentes. Momentos mais nostálgicos, como os dos discos “Funeral” e “The Surburbs”, foram os de maior apelo no público. O show encerrou com o hit “Wake Up”, ao som de um coro coletivo por sua vogal estendida. Arcade Fire se apresenta no Lollapalooza 2024 Luiz Franco/g1

Fonte: G1


22/03/2024 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil