NOTÍCIAS


Apostas para o Lollapalooza vão de rap sensual a MPB 'tilelê'; confira os artistas promissores da edição



O festival acontece nos dias 22, 23 e 24 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Apostas musicais do g1 para o Lollapalooza 2024 g1/ motion designer/ Vitória Coelho Como nas edições anteriores, o Lollapalooza 2024 tem um line-up que vai de artistas mundialmente famosos a nomes em ascensão. Entre os menos populares, estão atrações que devem fazer shows para públicos modestos, formados por fãs e curiosos — além, claro, da turma que fica colada na grade para ver de pertinho o headliner do dia. Dessas apresentações, há brasileiros com fama cada dia maior. A seguir, o g1 lista suas apostas promissoras para o Lolla 2024. Da de maior potencial para a de menor potencial. O festival acontece nos dias 22, 23 e 24 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. G1 no Lollapalooza 2024: As apostas do festival 6. Lourena Se você curte a rapper Flora Mattos, então, provavelmente vai gostar do som de Lourena, que se apresenta na sexta (22 de março), às 14h45, no palco Budweiser. Neste ano, a carioca lançou “Um Pouco de Mim”, seu primeiro disco, com sete faixas para dançar sensualmente, pensar na vida e lembrar daquela pessoa que faz o coração balançar. A cantora mescla estéticas do rap, reggae, MPB, pop e funk. Tem quatro cyphers (troca de rimas entre MCs) no “Poesia Acústica”, projeto queridinho dos fãs de rap melódico, dividindo o microfone com artistas como MC Ryan SP, L7nnon e Djonga. Lourena Divulgação 5. Benziê Dupla formada pelo casal Vic Conegero e Du Pessoa, Benziê tem uma pegada tilelê — gíria usada para se referir a hippies do mundo atual —, que remete à estética sonora de Anavitória e Victor Kley. Entre as faixas mais famosas do duo, estão “Água Salgada” e “Tenha do seu Lado”. Com três EPs, os artistas têm músicas de aplaudir o sol, contemplar as belezas naturais e dançar agarradinho com o parceiro amoroso. Ao g1, os artistas disseram se sentir parte da chamada nova MPB: “Também buscamos muito a nossa própria essência dentro do que estamos fazendo. Fazemos um som que passeia pela MPB clássica, reggae e tem influência de rock”. No domingo (24 de março), Benziê abre as apresentações do palco Budweiser, às 12h45. Benziê Júlia Pavin 4. MC Luanna Músicas de rap swingadas que flertam com o funk e têm letras debochadas. Assim são as faixas de MC Luanna, que se apresenta no palco Samsung Galaxy, às 13h50, no sábado (23 de março). Das músicas da cantora, feats são os que mais fazem sucesso. “99 Problemas”, com Durquesa, “Meio Pá”, com Veigh, Blest Jones, Scotz e UNKWN, e “Karma”, com N.I.N.A, são algumas dessas parcerias. O repertório da MC, que tem só um álbum (“44”, lançado em 2022), pode agradar bastante a fãs de MC Soffia e Tasha & Tracie. MC Luanna Divulgação 3. TZ da Coronel Em 2021, o cantor TZ da Coronel ainda era pouco conhecido, mas, mesmo assim, foi citado nominalmente na letra “Sem samba não dá”, de Caetano Veloso. Três anos depois, o trapper alcançou o topo do Spotify Brasil, com “Qual é seu desejo?”. O músico, que se apresenta ao lado de Oruam no palco Perry’s By Johnnie Walker, no domingo (24 de março), às 15h15, tem um som arrastado com elementos de funk. Lembra L7nnon. Seu vocal é grave e, em algumas faixas, com auto-tune em evidência. Em 2022, ele lançou seu primeiro álbum, “É o Trem!”. No ano passado, foi a vez do disco “Dacoromode”, com parcerias com Djonga, Veigh e MC Cabelinho. “O primeiro é mais ‘sem censura’. O segundo é mais moderado, mas também tem pensamentos que vão mais além, elaborados”, disse ele ao g1. TZ da Coronel Divulgação 2. Vulgo FK Música que bombou em 2023, “Ballena” é de Vulgo FK, um dos trappers mais promissores da música nacional. Ele se apresenta no palco Perry’s By Johnnie Walker, no domingo (24), às 14h, ao lado da funkeira MC Dricka. Seu álbum mais recente, “Perdas & Ganhos”, de 2023, é uma obra de trapfunk com letras sobre tesão e amor, podendo atrair fãs de Veigh e Orochi. Já o álbum de estreia do músico, “Perdas e Ganhos (Vol.1)”, de 2019, é mais melódico. Imerso numa estética próxima a de rappers como MC Cabelinho e Rico Dalasam, por mesclar R&B, rap, funk e pagode. Vulgo FK Divulgação 1. Oruam Já faz um tempo que Oruam chama a atenção, mas foi em 2024 que ele se firmou de vez num status bastante promissor. Mesmo sem nenhum disco, o músico tem mais de 10 milhões mensais de ouvintes no Spotify. Seu hit do momento é “Rolé na Favela”, com DJ LC da Roça. As músicas de Oruam falam sobre ostentação, sexo e o fato de ele ser filho do traficante Marcinho VP. O cantor passeia pelo funk, R&B e rap. É uma boa dica para fãs de MC Ryan SP e WC no Beat. No Lolla, ele se apresentará ao lado de TZ da Coronel, no palco Perry’s By Johnnie Walker, às 15h15. Oruam Divulgação

Fonte: G1


21/03/2024 – Rádio Contato Vistoria

COMPARTILHE

(18) 99664-6500

[email protected]
Rádio Contato Vistoria
A Melhor do Brasil